Hoje é dia...

About Me

Celia
Sou uma pessoa comunicativa, que adora a vida. Amo minha familia. Sou de Fortaleza, mas moro em Estocolmo desde 1989. Adoro cozinhar.
Visualizar meu perfil completo

Search

Carregando...

Seguidores

Mural

Blog Archive

Contador

Meiroca. Tecnologia do Blogger.

online

terça-feira, 10 de junho de 2008

PostHeaderIcon AS AVENTURAS DA SACHA!.

Nesse fim de semana, viajamos pra casa de férias. Pela primeira vez, Sacha (nossa gatinha) nos acompanhou, com seu passaporte na mao, como manda o figurino. Ela miou a viagem quase toda.

Ela adorou estar lá. Podia ficar fora muito tempo, com um dia maravilhoso de muito sol. Ela tinha uma coleira, com um cordao grande, onde nos seguramos quando ela esta fora. Ela é ainda muito pequena, pra ficar sozinha. Pode desaparecer.

No sábado pela manha, deixei-a um segundo e ela se meteu debaixo da casa. A casa é construida cerca de 15cm do chao. Só os cantos sao firmados no chao. Como o cordao da coleira é grande, ficou preso entre duas pedras, com os movimentos dela. Ficamos loucos de angustia. Depois de todos nós chamarmos por ela, ela conseguiu se desanganchar e saiu.

Na parte da tarde, Kurt saiu um pouco com ela, e lá ela se meteu outra vez debaixo da casa, pelo outro lado. Esse foi mais dificil. Kurt teve que quebrar duas tabuas do chao da varanda, para poder tira-la. Foi um sufoco. Depois disso tudo, a colocamos dentro do nosso quarto e fechamos a porta.

Estavamos vendo televisao, quando o sobrinho do Kurt foi lá fora e a encontrou subindo numa arvore. Nao acreditamos quando ele falou. Fomos olhar e era verdade. Ela havia rasgado a tela pra proteger dos mosquitos no verao, da janela do nosso quarto e saiu. Levamos outra vez e a fechamos no quarto. Fechamos a janela e dai nao tinha perigo. Ela nao saiu mais.

No dia seguinte, voltamos pra casa. A viagem é 1,50 hora de navio e 1.40 de carro. Quando o navio chegou na cidadezinha, descemos para o carro. Kurt abriu o bagageiro do pra colocar uma caixa de cerveja que ele havia comprado, e ela aproveitou a oportunidade, e saiu do carro, correndo para debaixo dos carros que estavam no navio. Imaginem nossa aflicao, com medo dela ser atropelada. Saimos todos correndo a sua procura. Kurt deitou no chao pra ver debaixo de qual carro ela estava. Depois de muito corrida...aflicao, pegamos a danada.

Acho que ela ficou encabulada pelos trantornos que causou no fim de semana, que passou a viagem toda dormindo, pra alegria dos nossos ouvidos.

0 comentários: